4 dicas para devolução de um imóvel alugado


Não torne o processo da entrega das chaves do imóvel alugado, um bicho de sete cabeças. Existe um protocolo a ser seguido e uma série de cuidados que o locatário precisa ter para que todos os itens relacionados no contrato que foi assinado no inicio da locação, seja cumprido da melhor maneira possível.

Quer evitar problemas com o locador ou com a imobiliária que administra o imóvel? Então, continue a leitura e conheça 4 itens de grande importância para tornar essa fase mais tranquila.

1- Comunique sua saída com antecedência

As regras podem variar de acordo com as cláusulas feitas no inicio da negociação e com o que está realmente escrito no documento. Caso o contrato tenha acabado e não haja interesse na renovação, é de grande importância que o locatário comunique ao locador com antecedência, mas se houver a opção por sair antes do período estipulado contratualmente, é preciso ter consciência que uma multa será cobrada proporcionalmente o tempo que ainda resta para findar o contrato.

2- Faça os consertos necessários

Antes da mudança para o imóvel, normalmente é feita a vistoria oficial inicial do local. É nesse documento que deve conter detalhadamente as condições que o imóvel está sendo entregue ao locatário,  tendo esse laudo inicial em mãos, chegou a hora de identificar que reparos devem ser feitos para que o imóvel do locador seja entregue em perfeitas condições. É responsabilidade do inquilino, zelar pela conservação da propriedade durante o período de fruição, por isso, a pintura sempre deve ser renovada de acordo com a cor e marca descritos no laudo, e uma atenção maior deve ser dada também as portas, janelas, tomadas, interruptores, observe se há furos ou imperfeições nas paredes causados por quadros, estantes ou painéis, ou qualquer detalhe que possa fugir da configuração original do imóvel à época da vistoria inicial. .

3- Vistoria Final

Agende a vistoria de desocupação com antecedência junto a imobiliária e esteja presente no dia para acompanhar tudo que for feito. Caso não seja possível estar presente, peça a alguém de sua confiança, um parente, um amigo, ou até mesmo um advogado para que faça seu papel. Com todos os cômodos, itens e detalhes vistoriados a empresa dará o parecer e a imobiliária entrará em contato com o locatário para informar se o laudo é favorável ou não. Se alguma das partes discordarem desse documento, é o momento de decidir a melhor forma para solução do problema sem maiores preocupações, de forma amigável para garantir o sucesso da conclusão do contrato.

4- Documentos, Chaves e itens do imóvel

Estando tudo aprovado pela vistoria, imobiliária, locador e locatário, é a hora de entregar chaves do imóvel, portão, portaria, caixa de correspondência, controles de garagem e outros itens que possa fazer parte do contrato. Essa formalização deve ser feita através de um recibo de quitação e um termo de encerramento de contrato, onde devem estar relacionados todos os itens entregues, se possível, anexar também cópias das contas pagas daquele mês (água, gás, luz, condomínio) e pedir assim, o desligamento dos serviços temporariamente.

Assim como todo o processo de aluguel, é uma fase cheia de detalhes e decisões a serem tomadas, que exigem muita atenção do locatário de todas as partes, para que nada seja deixado para trás. . Em caso de dúvida em relação a esses e outros assuntos, a Special Imóveis tem profissionais qualificados e experientes que podem te ajudar e facilitar o processo.

Fique ligado no Blog da Special Imóveis e fique por dentro de vários assuntos relacionados a locação e mercado imobiliário!

Special Imóveis - O Imóvel ideal para você está aqui!

Tire suas dúvidas